Pesquisa de Sondagem 2020 é lançada em roda de conversa

pesquisa de sondagem

Como parte da programação de aniversário, realizamos em 25 de novembro a roda virtual ‘’Juventude e Educação Profissionalizante: Programa Oficina do Ensino do IJCA’’. Como forma de sintetizar o atual cenário em que o jovem está inserido, Wilson Vasconcelos e Elen Alves, os analistas de projetos do IJCA; Anderson Paulino, professor e pesquisador e a ex-aluna Natália Santos apresentaram panoramas sobre a influência da pandemia de COVID19 na rotina de jovens. Na ocasião também foi lançada a Pesquisa de sondagem 2020, que traça um perfil de ex-alunos que passaram pelo IJCA entre 2017 e 2019.

A abertura foi feita pelo professor e pesquisador Anderson Paulino, que nos trouxe uma reflexão sobre os processos de transição em que os jovens passam ao concluir o ensino regular e se inserir em cursos profissionalizantes e Jovem Aprendiz e, em seguida, no mercado de trabalho, levando em conta os desafios extras devido ao período de pandemia. “Quando uma formação já traz características que colocam os jovens que são parte do ensino público em desvantagem, o período de pandemia agrava essas más condições”, afirma.

Elen Alves, nossa analista de projetos responsável pelo Oficina do Ensino, apresentou o histórico e metodologia do programa que visa qualificar o jovem com foco em sua inserção no mercado de trabalho. “Até hoje 2.271 jovens passaram pelo nossos cursos de qualificação profissional. Com o passar dos anos, o nosso portfólio de cursos oferecidos foi crescendo e, desde 2019, o IJCA investe em formações alinhadas à novas tecnologias”, destaca.

Pesquisa de sondagem

A roda de conversa também foi palco para o lançamento da terceira edição da Pesquisa de Sondagem. Realizada via formulário eletrônico, contou com a participação de 68% dos jovens que fizeram formações no âmbito do programa Oficina do Ensino entre os anos 2017 e 2019. Do total de participantes, 72% se auto declararam negros e pardos e todos são oriundos de escolas públicas.

No que se refere a experiência profissional pós-formação no IJCA, 78% dos homens e quase metade das mulheres conseguiram ingressar no mercado de trabalho. Dos jovens que estavam trabalhando quando da realização da pesquisa, 60% dos homens e 45% das mulheres ingressaram no setor de transporte e áreas afins.
Segundo Wilson Vasconcelos, analista de projetos do Instituto JCA e responsável pela pesquisa, o processo de ingresso dos jovens no mundo do trabalho envolve alguns pontos particulares que normalmente não são observados da mesma maneira nas transições de outros grupos de trabalhadores. ‘’As profundas mudanças que a economia no Brasil vem passando ao longo dos anos, em geral, mostram-se desfavoráveis à inclusão no mercado de trabalho. Em razão da decrescente oferta de mão de obra, a juventude brasileira, sobretudo aquela oriunda das classes mais pobres, encontra-se frente a condições desiguais de competição em relação a outros grupos, tais como menor qualificação e experiência profissional. ‘’ destaca. A pesquisa ganha importância por desafiar a equipe de articulação a formular e desenvolver ações efetivas de enfrentamento dessa questão.

Resultados
Cliquei aqui e acesso todos os dados da pesquisa

Compartilhe

Posts Relacionados

Confira o resultado final do processo seletivo para cursos remotos (ensino à distância)

Atenção! Saiu o resultado do Processo Seletivo para cursosremotos em Administração de Materiais e Técnicas de Atendimento do programa Oficina...

Conexão IJCA e Alemanha

Oceanógrafa, mestre em geociências e recém empreendedora, Francielly Monteiro viu na educação a porta para alcançar seus objetivos. A jovem,...

IJCA leva Guia Acesso e Permanências para escolas e pré-vestibulares

No ano em que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), registra mais de cinco milhões de inscrições – o...