São Gonçalo recebe 11º Fórum Rio

Encontro promovido pela Casa Fluminense  fortalece debate sobre as demandas socioeconômicas da Região Metropolitana

O Instituto JCA participou do 11º Fórum Rio, evento realizado pela Casa Fluminense no dia 23 de junho, na Faculdade de Formação de Professores da UERJ, em São Gonçalo, que reuniu mais de 300 pessoas. Durante toda tarde, diferentes temáticas foram abordadas  e dois importantes lançamentos realizados. O primeiro, a Agenda Rio 2030, reúne oito eixos temáticos com desafios para a melhoria do desenvolvimento metropolitano nos próximos 12 anos, são eles: Acesso à saúde, educação e cultura, política metropolitana, emprego e renda, mobilidade urbana, segurança pública e direito à vida, saneamento básico e baía de guanabara, cidade para conviver, gestão pública, transparência e participação. O segundo, a foi apresentado a plataforma virtual Rio por Inteiro, que consiste em uma rede de compartilhamento de proposições vindas da sociedade civil, calendários de ações e outras formas de mobilização social.

Em sua participação, o Instituto JCA esteve presente em debates em dois eixos temáticos que formam a Agenda 2030. Mobilidade urbana e acesso à saúde, educação e cultura estão entre as  principais diretrizes propositivas do IJCA nos últimos anos. Maysa Gil, coordenadora executiva afirma que participar do fórum foi uma oportunidade da organização se conectar com a visão de presente e futuro que vem sendo construída para o Rio,  especialmente por ter acontecido em São Gonçalo, uma das cidades que é foco de atuação do instituto. “A Agenda Rio apresenta diagnóstico e metas que servem como bússola para atuação articulada que o Instituto vem amadurecendo nos últimos anos, em que o nosso principal campo de encontro é o poder público”, explica.

Durante dinâmica de mapeamento de atuação, o Instituto JCA enfatizou uma de suas ações de mobilização no eixo da Educação, o movimento #TamoJunto9ano. A construção de uma Agenda Propositiva com foco nos alunos do 9º ano e Ensino Médio, em conjunto com o poder público nas cidades de São Gonçalo e Niterói hoje mobiliza dezenas de escolas e propicia aos jovens novas perspectivas sociais, educacionais e culturais.

A falta de investimento em mobilidade urbana também esteve na pauta. Para debater a questão, Luciana Araújo, da Federação das Associações de Bairros de São Gonçalo e Pró-Barcas afirma que que é preciso usar o debate como garantia de direito. “É preciso haver um monitoramento político a respeito da mobilidade em São Gonçalo e convidar a população para um acompanhamento de atividades nos setores públicos”, afirma.  Além de Luciana, representantes de frentes populares em prol da implementação de redes cicloviárias e ferroviárias também levantaram demandas a fim de ampliar o trabalho em rede no território que tem o segundo maior colégio eleitoral do estado.

A Agenda Rio tem suas propostas revisadas em todos os anos de eleições diretas e suas ações deverão ser atualizadas de acordo com as urgências da sociedade civil. O trabalho em conjunto com a plataforma Rio por Inteiro e organizações da sociedade civil é a linha de frente para a superação de desafios fundamentais no estado do Rio de Janeiro. Para mais informações acesse: http://casafluminense.org.br/agenda-rio/

Compartilhe

Posts Relacionados

Confira o resultado final do processo seletivo para cursos remotos (ensino à distância)

Atenção! Saiu o resultado do Processo Seletivo para cursosremotos em Administração de Materiais e Técnicas de Atendimento do programa Oficina...

Conexão IJCA e Alemanha

Oceanógrafa, mestre em geociências e recém empreendedora, Francielly Monteiro viu na educação a porta para alcançar seus objetivos. A jovem,...

IJCA leva Guia Acesso e Permanências para escolas e pré-vestibulares

No ano em que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), registra mais de cinco milhões de inscrições – o...