“Até breve!”: Professor Itamar se aposenta após 17 anos no instituto

itamar

Apaixonado por lecionar, Itamar Torres, 87 anos,  já deu aulas de Mecânica para inúmeras turmas no IJCA ao longo de suas quase duas décadas no instituto e marcou gerações de estudantes que, ao se tornarem profissionais, carregam o legado dos ensinamentos do educador para além da técnica. 

Michel Martins, 29 anos, fez o curso de Mecânica e Injeção Eletrônica em 2012 e foi aluno do professor Itamar. Hoje, atua como Encarregado de Mecânica na garagem da Auto Viação 1001 e lembra com carinho os ensinamentos do mestre. “As aulas dele eram com muito entretenimento, mas sempre transmitia a maior quantidade de conhecimento possível. Aprendi com ele sobre ética, a importância de buscar evoluir tecnicamente, e o principal, falar com clareza e consciência o assunto abordado”, lembra Michel. Para ele, o professor Itamar foi muito importante para o seu processo de formação. “ Ele me influenciou a buscar sempre aprender mais e me ensinou que nunca é tarde para realizar seus sonhos e desejos. Eu agradeço pela oportunidade de aprender Mecânica, por me tornar um profissional referência no Grupo JCA e por me proporcionar o desejo de ensinar ao próximo, finaliza.

No dia 10 de agosto, Itamar deu sua última aula para a turma de Auxiliar de Manutenção Veicular, encerrando os seus 17 anos de comprometida dedicação. O professor, que faz parte da história do Instituto JCA, foi homenageado com uma confraternização organizada por alunos que emocionou, inclusive, os colaboradores. “A relação professor aluno é um dos alicerces para o sucesso na educação. Durante todos esses anos tivemos a honra de contar com o professor Itamar nos cursos profissionalizantes na área de manutenção veicular. E foi muito gratificante tê-lo em sala de aula, convivendo com os jovens e contribuindo na formação profissional de cada um que por aqui passou”, afirma Fernanda Figueiredo, assessora pedagógica do IJCA. 

Do tribunal para a sala de aula 

Formado em Direito pela Universidade Federal Fluminense (UFF), Itamar até faz parte da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), mas o desejo pela sala de aula foi mais forte. “Depois que me aposentei pela primeira vez, com 48 anos, fiz vários cursos na área agrícola, como apicultura, avicultura, defesa sanitária animal, fruticultura e cunicultura. Vi um edital de concurso em aberto na Escola Técnica Estadual Henrique Lage (FAETEC/Niterói), passei, dei aula, fiz parte da coordenação e me aposentei pela segunda vez lá, de maneira  compulsória porque já tinha 70 anos”, conta.

Após sair do corpo docente da FAETEC, Itamar foi convidado para trabalhar no SEST SENAT. Por mais alguns anos, deu aula de Mecânica, Direção Defensiva, Legislação de Tráfego, Movimentação Operacional de Produtos Perigosos (MOPP) e até de Organização de Arquivos, antes de chegar ao IJCA. 

Itamar agora se aposenta pela terceira vez. “É um misto de saudade e satisfação. Costumo usar uma expressão do Carlos Lacerda, que é assim: ‘‘os amigos nunca se despedem, dizem apenas até breve’. Não quero ter um tom de despedida, isso é quando a pessoa morre, aqui a gente está sempre se reencontrando e dizendo apenas: até breve!”

Compartilhe

Posts Relacionados

Seminário promove debates sobre os Fundos da Infância e da Adolescência

Evento realizado por organizações da sociedade civil de Niterói busca instigar ações de política pública O seminário “Estratégias para a...

Programa Oficina do Ensino: Inscrições abertas para cursos livres 2024.2

Estão abertas até 03 de junho, ou até atingirem o número máximo de inscritos, as inscrições para cursos livres gratuitos...

Conheça o “Se liga no Ensino Médio”

“Sinceramente, eu não conhecia nenhuma dessas escolas públicas de ensino médio até entrar no Reforço Escolar”, afirma Nelson Machado, hoje...