Intercâmbio e participação social de adolescentes

O IJCA recebeu o 3º Encontro Presencial do Comitê de Participação Adolescente (CPA) do Conselho Estadual de Defesa da Criança e Adolescente (Cedca) no dia 14 de dezembro. Adolescentes de sete cidades do estado do Rio de Janeiro participaram de rodas de diálogos e trocas sobre suas experiências em espaços de participação social, debatendo seus desafios e conquistas. “A cada encontro esses jovens vêm se fortalecendo e se desenvolvendo. Não é só ‘vamos dar voz aos adolescentes’. Eles têm o direito à participação e é isso que a gente está fazendo aqui hoje, respeitando o direito de participação e presença”, afirma Marcia Gatto, conselheira estadual.

Daniel Oliveira, morador de Padre Miguel, na Zona Oeste do Rio, é mobilizador pela “Rede Não Bata, Eduque” e integrante do Comitê de Participação da Criança e  Adolescente, do Conselho Estadual de Defesa da Criança e do Adolescente. Ele compartilhou reflexões sobre suas vivências e reafirmou como tem aprendido neste local de reivindicação de direitos.  “O CPA cria exatamente esse espaço, que entende que somos seres humanos que precisam ser ouvidos com dignidade e dá esse poder para entender que também somos autônomos para compartilhar nossas próprias vivências e lutar por nossos direitos”, afirma. 

No período da tarde, o grupo realizou uma visita a exposição “Aqui é o Palácio – memórias de vidas e lutas” no centro cultural MACquinho e conheceram o Museu de Arte Contemporânea de Niterói (MAC) e o Forte de Boa Viagem. 

CPA Niterói

Adolescentes que fazem parte do CPA Niterói estiveram presentes na atividade. Para elas, foi uma oportunidade de compartilhar como foi o processo de criação do comitê na cidade e aprender mais com seus colegas. “Esse encontro foi uma experiência incrível, porque eu pude ver que outras pessoas, para além de Niterói, também participam, se interessam, querem realmente fazer a diferença”, afirma a estudante Estephany Marinho, 14 anos.

Em Niterói, o CPA teve deliberação aprovada de forma unânime em assembleia do Conselho Municipal dos Direitos das Crianças e Adolescentes (CMDCA) no mês de novembro e  publicado no Diário Oficial da cidade em 25/11. “Eu avalio como uma conquista para as crianças e adolescentes da cidade de Niterói ter a representatividade a partir do seu grupo social. Porque um conselho da criança e do adolescente que não tem essa representatividade, acredito que fique esvaziado. Eu acredito que estão ocupando  o seu espaço, o seu lugar de fala e podem se posicionar a partir da institucionalização do comitê de participação de adolescentes”, afirma Kenia Oliveira, analista de projetos do IJCA e representante da instituição no CMDCA Niterói.

Compartilhe

Posts Relacionados

13ª Mostra de Trabalhos - Habilidades Jovens

Confira a publicação do IJCA sobre a 13ª Mostra de Trabalhos que teve como tema “Habilidades dos Jovens”. O material...

 Instituto JCA presente na posse do Comitê de Participação Adolescente no CEDCA/RJ

Em Assembléia Extraordinária, adolescentes do Comitê de Participação Adolescente (CPA), tomaram posse no Conselho Estadual dos Direitos da Criança e...

Nova Lei de Cotas

Em um país com altos índices de desigualdade social, a Política de Cotas foi implementada em 2012 como um dos...