#Tamojunto9ºano: mobilização e troca entre jovens

Quando Deivid Reis e Samuel Santos, alunos do 9º ano da Escola Municipalizada Guaxindiba, em São Gonçalo, chegaram ao auditório da Escola Municipal Francisco Portugal Neves, em Niterói, para uma apresentação do vídeo participativo que produziram, sentiram o frio na barriga de encarar uma plateia com a mesma idade e perspectivas. “Vou falar com um monte de eu”, foi a observação de Deivid. Foram convocadas  todas as turmas de 9º ano que daquele turno para participar e o auditório ficou lotado com mais de 70 alunos. Todos os risos, piadas e brincadeiras cessaram quando os dois jovens subiram ao palco para iniciar a exibição. 

Deivid e Samuel ainda estavam ansiosos quando começaram a apresentação. Explicaram os objetivos do movimento  #TamoJunto9ºano, principalmente o de ampliar oportunidades de adolescentes que estão na fase transição para o Ensino Médio. Também explicaram o tema do vídeo “A importância do professor”. Após a exibição, no entanto, a timidez inicial havia passado e eles detalharam as etapas da produção, desde a escolha da pauta a edição participativa. Brincaram, relaxaram, dominaram o palco e atenção da plateia finalizando com as informações sobre o informativo do TamoJunto9ºano que traz uma lista das escolas de excelência e que foi distribuído ao final. 

Samuel conta que com as exibições, ele aprendeu a se expressar melhor e a superar o desafio de falar em público. “Cada vídeo tem um tema diferente e eu aprendo mais com os assuntos que trabalhamos. Ir nas escolas é muito legal porque conheço outras escolas e vejo como a minha pode melhorar. Gosto de falar com os jovens da minha idade. Acredito que quando jovem fala para outro jovem acaba sendo mais fácil explicar e ele entende melhor”, afirma Samuel.

Para Adriana Marques, professora de geografia da Escola Municipal Francisco Portugal Neves iniciativas como essa são importantes porque os jovens se sentem parte do processo.  “É muito mais fácil fazer com que eles construam alguma coisa do que levar pronto. É uma forma de incluir o jovem. E quem assiste sente-se mais próximo porque é o próprio aluno que está falando. Existe uma proximidade maior, falam a mesma linguagem e serve como um motivador também, de que eles podem e conseguem”, afirma Adriana, que articulou e acompanhou a exibição na escola.

O movimento #TamoJunto9ºano, liderado pelo IJCA, possui entre os seus eixos de atuação a aplicação da metodologia de vídeo participativo, onde os adolescentes produzem conteúdo audiovisual sobre educação. O final do processo consiste em exibições públicas que servem para criar um espaço de encontro e diálogo entre os jovens que produziram e os que estão assistindo. Em 2019, os jovens comunicadores do TamoJunto9ºano já se revezaram em nove exibições em sete escolas públicas de Niterói e São Gonçalo para 300 jovens. 

Dia de sonhar com o futuro

O palco também foi lugar dos jovens que conduziram com maestria a programação do Dia do Futuro, na Uerj, no dia 25 de junho. Além de mestres de cerimônias, eles apresentaram o vídeo participativo e compartilharam suas trajetórias inspiradoras. O evento realizado pelo #TamoJunto9ºano teve como objetivo promover diálogo e ações culturais para estudantes da rede pública de São Gonçalo como forma de incentivar a continuidade dos estudos. 

Estiveram presentes 410 jovens de 26 escolas municipais, além de 19 pais e mães. Eles puderam apreciar uma programação rica e diversificada. Além das rodas de conversa e apresentações, os jovens puderam visitar estandes de diferentes escolas públicas de excelência e outras organizações com oportunidades para a juventude.

Claudionei Abreu, estudante do 3ºano do Ciep 309 Zuzu Angel, foi um dos mestres de cerimônias que apresentaram o evento. Para ele, o evento foi importante por estimular os jovens a pensar no futuro e se expressar. “Não temos muito isso aqui em São Gonçalo. Os jovens tiveram a oportunidade de sair da sala de aula e pensar um pouco no que está ao redor, ter contato com outras escolas e ter uma visão de futuro. Além de estar dentro da universidade e já conhecer essa organização, que pouca gente conhece”, destacou.

Para Brenno Alves, estudante do IFRJ São Gonçalo e da equipe de comunicadores do movimento #TamoJunto9ºano, tanto a produção do vídeo como o evento são espaços de expressão para os jovens, que estão atuam de diferentes maneiras para apresentar a importância da educação. “Hoje, parte da sociedade não ouve o jovem, acha que o jovem tem que crescer e virar adulto para ter uma opinião. Não somos só o futuro, também somos o presente. A representatividade do jovem é superimportante para mostrar que temos opiniões e pensamentos e que estamos atuando de forma efetiva na sociedade”, afirma Brenno.

Compartilhe

Posts Relacionados

Oficina do Ensino 2024.2: Confira o resultado da 1ª etapa do processo seletivo de cursos livres

Confira o resultado da primeira etapa do processo seletivos para os cursos livres em Auxiliar de Mecânica a Diesel e...

Instituto JCA no Programa Globo Comunidade

No ano em que celebra 20 anos de existência, o Instituto JCA foi pauta do Globo Comunidade, da TV Globo,...

Inscrições abertas para cursos livres remotos - ensino à distância do Programa Oficina do Ensino

Estão abertas até 21 de junho, ou até atingirem o número máximo de inscritos, as inscrições para cursos livres remotos...